Movies

Mulan

Versão live action chega em streaming trazendo a adaptação da lenda chinesa com diferenças significativas em relação ao desenho animado

Textos por Flavio Jayme (Pausa Dramática)

Foto: Disney/Divulgação

Se você quer ver a história de Mulan (EUA, 2020 – Disney) com personagens cantando, Mushu, Gri-Li e piadinhas… não precisa de um novo filme. Você pode rever a animação. Agora, se você quer uma nova visão sobre a mesma história, vai adorar a nova versão.

O enredo a gente conhece. Adaptado de uma antiga lenda chinesa, Mulan conta a história da corajosa menina que arrisca sua vida para salvar a vida do pai idoso quando este é recrutado para a guerra. Paisagens deslumbrantes (que mereciam uma tela gigante de cinema) e boa ação marcam esta versão em live action da história que inclui pontos-chave bem diferentes com relação à animação.

Não convém aqui ficar comparando os dois filmes, afinal tratam-se de coisas diferentes. Neste mais recente existe humor sim, mas bem mais dosado. A impressão é que Mulan ficou mais adulto. Aliás, é o primeiro dos longas em live action da Disney a receber, nos EUA, a classificação para maiores de 13 anos.

Depois de muito adiamento, o longa-metragem chegou via streaming do Disney+ no Brasil. E o filme não decepciona. Diferente de outros longas como A Bela e a FeraAladdin ou O Rei LeãoMulan muda a história que conhecemos com pontos positivos. Se podemos dizer que existe algum defeito nele é o excesso de “limpeza”. Como é difícil imaginar um filme de guerra em que não haja sangue, toda essa “plasticidade” acaba por tirar um pouco da emoção. O que de maneira alguma prejudica a diversão, entretanto.

***

Diferenças entre a animação e o live action de Mulan:

>> Mushu ou Cri-Cri não estão na nova versão. Mas há um companheiro mitológico em cena

>> A icônica cena de Mulan cortando o próprio cabelo não está no novo filme. Isso se explica pelo fato de que os guerreiros chineses usavam o cabelo comprido. Então é mais apropriado, historicamente fiel e mais “masculino” que Mulan mantenha o cabelo longo.

>> O elenco não canta durante o filme.

>> Várias canções da animação estarão presentes de outras formas na nova versão.

>> Falando em canções, Christina Aguilera gravou uma nova versão de “Reflection”, além de uma música nova para este filme.

>> A avó de Mulan também não está no live action. Mas a protagonista tem uma irmã mais nova, que aparece em algumas versões da história tradicional chinesa.

> Podemos conhecer também uma versão criança da personagem de Mulan.

>> Böri Khan não é o único vilão. Como já vimos nos trailers, há também uma bruxa que muda de forma, chamada Xianniang.

>> Os invasores do norte não são chamados de Hunos ou Mongóis, mas apenas de Rourans.

>> Li Shang, o “príncipe” da versão animada não está na versão live action. Ele é substituído por dois personagens diferentes: Comandante Tung e Chen Honghui.

>> A cena de Mulan subindo no poste para recuperar a flecha também não está no filme. Mas muitas outras mostram o esforço e o valor da heroína.

>> O vestido da casamenteira foi bordado à mão e levou 21 horas de trabalho de três pessoas.

>> Existem 65 cavaleiros-figurantes da Mongólia e 45 do Cazaquistão.

>> Mulan é a primeira adaptação da Disney em live action a ter classificação etária para maiores de 13 anos nos EUA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s