Movies, Music

Jonny Greenwood

Prestes a desembarcar no Brasil para dois shows com o Radiohead, músico britânico brinda os fãs com mais uma trilha sonora cinematográfica

 jonnygreenwood2018

Texto por Abonico R. Smith (com colaboração de Edi Fortini)

Fotos: Divulgação

Muita gente pode até ter se surpreendido no início do ano, quando entre os indicados ao Oscar 2018 de melhor trilha sonora, estava o nome de Jonny Greenwood. Sim, o mesmo enfant terrible dos ruídos e distorções nas músicas esquisitas do Radiohead esteva entre os cinco finalistas, concorrendo pelo trabalho em Trama Fantasma, filme escrito e dirigido por Paul Thomas Anderson. E mais: nada ali lembrava o seu “emprego oficial”. Nas telas, costurando a história centrada no personagem vivido pelo ator Daniel Day-Lewis na Londres dos anos 1950, compositores eruditos (Debussy, Schubert, Brahms, Berlioz), jazz orquestrado e também cantado (Oscar Peterson, Sarah Vaughan) e peças para piano e cordas originalmente compostas para a produção.

Prestes a desembarcar no Brasil para dois shows de sua banda (20 de abril no Rio de Janeiro e dois dias depois em São Paulo, em um evento chamado Soundhearts Festival e que contará ainda com o sempre indefinível Flying The Lotus, o grupo étnico indo-britânico Junun mais os brasileiros da Aldo The Band), Greenwood não é bem um iniciante neste ofício dos bastidores da sétima arte. Antes de Trama Fantasma, já havia trabalhado com Anderson em outros três longas: Sangue Negro (2007), O Mestre (2012) e Vício Inerente (2014). Também assinou a trilha sonora da perturbadora história de Precisamos Falar Sobre Kevin (2011), também assinado por uma pessoa cuidando ao mesmo tempo da direção e do roteiro, a escocesa Lynne Ramsay. E é justamente repetindo a parceria com Ramsay que ele apresenta em 2018 o próximo trabalho na área.

Lançado pela Amazon Studios e ainda sem previsão de chegada ao mercado brasileiro (ou mesmo nome em português), You Were Never Really Here está, aos poucos, entre os meses de março e maio, alcançando o mercado de diversos países depois de colecionar ótimas notas de destaque nas coberturas dos festivais internacionais também no eixo Europa-EUA-Oriente Médio. Joaquin Phoenix encabeça o elenco como um veterano da Guerra do Golfo que carrega um grande trauma para o resto de sua vida posterior à ida ao front. Responsável pelo rastreamento de adolescentes que desapareceram do cotidiano de suas famílias para ficarem presas como escravas sexuais, ele quase sempre coloca a sua vida em risco e ainda sofre seguidamente com pesadelos. Até que um deles acaba afetando-o em sua vida real. Durante uma missão mal sucedida em um bordel de Manhattan, ele se vê diante da contrariedade da opinião pública, já que o caso envolve um importante político de Nova York. Então a trama se transforma em um grande plotmovido pelo desejo de vingança. Críticas bastante positivas têm sido publicadas, chegando a comparar o longa de Ramsay a clássicos do gênero das áureas décadas de 1960 e 1970, como Taxi Driver, À Queima-Roupa e Hardcore – No Submundo do Sexo.

Enquanto quem tem a veia cinéfila aguarda ansiosamente pela posição da Amazon em relação à chegada de You Were Never Really Here ao Brasil – seja nas telonas dos cinemas, seja diretamente em streaming – resta aos fãs de Greenwood e sua banda contar os dias que ainda faltam para mais duas apresentações em solo brasileiro. Afinal, ele, solo ou ao lado de seus comparsas de longa data, é sempre sinônimo de qualidade musical. E que ainda se estende ao casamento com ótimas tramas cinematográficas.

youwereneverreallyhere2018

>> Clique aqui para ter mais informações sobre o Soundhearts Festival (Argentina, Peru, Brasil e Colômbia)

>> Clique aqui para ver o trailer de You Were Never Really Here

>> Clique aqui para acessar o site oficial de You Were Never Really Here

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s