Music

Father John Misty – ao vivo

Imbuído do charme canastrão e da persona sarcástica de seu alter-ego, Josh Tillman faz show histórico em SP

fmj2018sp

Texto e foto por Fabricio Zorzella

Num gélido domingo de 26 de agosto, a parceria entre os cariocas do Queremos! e os paulistas da Popload trouxe para São Paulo a performance do alter-ego de Joshua Tilman, chamado Father John Misty, para tocar no remodelado Auditório Simón Bolivar, dentro do Memorial da América Latina. Parceria essa que deu certo naqueles dias com a vinda de outras das atrações do Queremos! Festival do Rio para tocarem em São Paulo, como no caso do Animal Collective e Cut Copy.

Conheço FMJ desde o lançamento do álbum I Love You, Honeybear em 2015! Na época, curtia, mas as músicas não me batiam tão forte a ponto de ir para um show… Mas foi com o lançamento de Pure Comedy, em 2017, e as influências que vão de Elton John até Bob Dylan se acentuando ainda mais que comecei a virar fã de carteirinha. Fiquei na época até bem chateado que ele acabou não tocando no Primavera Sound do ano passado.

Ai chegamos neste ano de 2018, com a divulgação do novo álbum (o excelente God’s Favourite Customer), os novos singles, a turnê mundial. E, de repente, um Queremos! Festival. Até comprei o ingresso para o evento para garantir vê-lo, embora no fim tenha vendido quando foi anunciada a apresentação de São Paulo. Deu tudo certinho no fim!

Voltando para o dia 26 de agosto, o que foi visto era um remodelado auditório com 70% da capacidade cheia (o lado de lá da venue estava consideravelmente vazio). Lá estava uma banda absurdamente bem ensaiada e um Josh que a cada duas ou três músicas invertia o lado para ninguém que pagou (eu diria um preço “carinho”) se sentir menosprezado e prometia: “I will do my best to look in everyone’s eyes, I promise”. Lugar marcado que, aparentemente, todos respeitaram… até não dar mais!

“Nancy From Now One” e “Chateau Lobby #4 (In C For Two Virgins)” abriram magistralmente a apresentação, dando o tom do que viria pela frente! As sequências entre “Mr. Tillman” e “Total Entertainment Forever” e “Please Don’t Die” e “I’m Writing a Novel” eram daqueles momentos para se sair e pagar de novo o ingresso, tamanha a performance! Ponto um pouco negativo para a casa ficava para a equalização do som que estava exagerando nos agudos. #fikadika para as próximas!

Mas quando Josh não fica “preso” em nenhum instrumento e pode desfilar para os dois lados da plateia à vontade, esbanjando todo o seu charme canastrão e sarcasmo peculiares de sua persona John Misty, que aquele toque especial é dado para a noite. Isso aconteceu em “Hangout At The Gallows”, “Bored In The USA”, “Date Night” e “Pure Comedy”, ainda na primeira parte do set. A belíssima “God’s Favourite Customer” com FJM tocando tecladinho, e o principal single da carreira, “I Love You, Honeybear”, vieram para encerrar o set.

No bis, fomos agraciados de tudo. Teve “The Palace” na galera (no meu lado… hahaha!). Teve a chiclete “Real Love Baby” com o povo levantando (finalmente!) para dançar. Teve “So I’m Growing Old On Magic Mountain” com a galera sendo convidada a ficar ao redor dele. O fim veio com duas deep cuts do álbum de 2015: “Holy Shit” (com o povo sendo convidado a descer do palco!) e “The Ideal Husband” (música mais Crocker de toda a carreira do ex-baterista do Fleet Foxes… sorry “Hollywood Forever Cemetery Sings” por isso!).

Talvez preferisse ter visto em pé e pulando em várias músicas? Acho que sim. Mas valeu cada centavo da experiência (meu nome ainda estava no pôster oficial)! Faltaram “Strange Encounters”, “True Affection”, “Birdie” e “Just Dumb Enough To Try”? Talvez… Mas teremos outras oportunidades. Tomara que Josh continue fazendo álbuns tão bons pela frente e venha mais vezes para o Brasil! Ou calhe de tocar em algum fest na gringa para o qual eu acabe indo! E que a Popload e o Queremos! façam mais parcerias pelo bem da boa música!

Set list: “Nancy From Now On”. “Chateau Lobby #4 (In C For Two Virgins)”, “Only Son Of The Ladiesman”, “Disappointing Diamonds Are The Rarest Of Them All”, “Mr. Tillman”, “Total Entertainment Forever”, “Ballad Of The Dying Man”, “Hangout At The Gallows”, “Bored In The USA”, “Please Don’t Die”, “I’m Writing A Novel”, “Date Night”, “Hollywood Forever Cemetery Sings”, “Pure Comedy”, “God’s Favorite Customer” e “I Love Houy, Honeybear”. Bis: “The Palace”, “Real Love Baby”, “So I’m Growing Old On Magic Mountain”, “Holy Shit” e “The Ideal Husband”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s