Music, Videos

Clipe: Metric – Dark Saturday

Artista: Metric

Música: Dark Saturday

Álbum: nome ainda não anunciado (2018)

Por que assistir: Formado há exatos vinte anos, o Metric sempre manteve regularidade na qualidade de seus discos e não tardou a se fixar entre os queridinhos do indie pop. Contudo, foi somente após o quarto álbum, Fantasies (2009) que começou a ter maior notoriedade. Tanto que no ano seguinte participou com uma faixa da trilha sonora do filme Crepúsculo e, daí sim, alcançou as massas. A vocalista Emily Haines, capaz de ir dos doces sussurros aos agudos em um mesmo verso, ganhou status de sex symbol e, então, regularmente a cada três anos, o Metric passou a soltar um novo álbum, sempre intercalando com uma extensa turnê. No mês de setembro chegará o próximo trabalho, o sétimo da carreira. O título oficial ainda não foi revelado, mas o trabalho de divulgação já começou com o lançamento de um novo clipe, o da música “Dark Saturday”. A letra fala sobre diferenças entre um casal mas a localização geográfica dos primeiros versos (“Somewhere in the south of France/ Or the Caribbean sea”) dá o ponto de partida (o cartão postal da primeira cena) para mais um daqueles fantásticos clipes em que cenas simultâneas acabam se cruzando em determinados momentos cronometrados milimetricamente pelo diretor de acordo com determinadas deixas dadas pelo arranjo da faixa. No caso, cada integrante da banda canadense vive uma história paralela que, de alguma forma, acaba complementando ou interferindo na cena ao lado. Portanto, é recomendável assistir várias vezes ao clipe para prestar muita atenção a pequenos detalhes. Mas também a chatice vai passar longe dos ouvidos. Afinal, a música é bastante pegajosa, tem refrão que funciona, riff que pega o ouvido de jeito e beat dançante (aliás, já é comum em todo ábum do Metric que você encontre pelo menos duas faixas deste jeito). Não tem como não se embalar enquanto os olhos ficam treinados para pescar os detalhes visuais. E um aviso: fique bem atento/a/x até o final, porque ele vai remontar ao começo.

Texto de Abonico R. Smith

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s